Ambev.

No Comments

Semi-monopolista em um mercado gigantesco, como o brasileiro, a AMBEV possui bons fundamentos.

Mas, por qual motivo não acompanha o boom ilógico da Bovespa?

É simples, seu preço está razoável, sua taxa de retorno é a esperada. Em queda, hoje.

AMBEV é cotada nos EUA.

Como Embraer.

E o americano compra dividendos e não ilusões.

A arbitragem cuida do resto.

Ambev

Categories: BLOG

Brasileiro adora esmolas.

No Comments

Redução de idade para saques do Pis/Pasep injetará R$ 15,9 bilhões na economia.

——-

Mais felicidades para os Bancos, sobrará algo para o mercado.

Enquanto o Brasil conseguir conviver com obscenas taxas de juros, a saúde dos bancos ficará sempre melhor.

Algum dia tal estado de coisas mudará, a galinha dos ovos de ouro perecerá.

Ainda demora, o povo brasileiro é gentil.

Categories: BLOG

CSN (CSNA3)

No Comments

A agência de classificação de risco Standard & Poros (S&P) rebaixou hoje o rating em escala global da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) de CCC+ para CCC. O rating em escala nacional também foi rebaixado de brB para brCCC. Os ratings ainda foram colocados na observação com implicações negativas.

Em relatório, a S&P afirma que “consideráveis vencimentos da dívida ao longo dos próximos dois anos vão continuar a pressionar a liquidez da CSN, enquanto as incertezas oriundas dos atrasos na divulgação das declarações financeiras auditadas de 2016 e 2017 aumentam a aceleração da dívida e os riscos de refinanciamento da dívida”.

A S&P ainda afirma que a inclusão do rating na observação negativa reflete o aumento da probabilidade de um rebaixamento da CSN nos próximos 90 dias, caso a empresa não seja capaz de reduzir as pressões na liquidez.

———-

CCC, para quem não sabe, é situação de pré-DEFAULT.

E a ação sobe.

csn

Na obligation rated ‘CCC’ is currently vulnerable to nonpayment and is dependent upon favorable business, financial, and economic conditions for the obligor to meet its financial commitments on the obligation. In the event of adverse business, financial, or economic conditions, the obligor is not likely to have the capacity to meet its financial commitments on the obligation.

Categories: BLOG